Monday, February 21, 2011

Useless rambling...


Photosource: Unknown
It once again occurs to me that we are no more that fate´s puppets, that none of us truly have hold of our destiny and that no matter what choices we make there are obstacles in our path that we simply can´t avoid.
Easy isn´t it… to consider that we have no control of what happens, yet knowing that every consequence originates from a decision you make.
Because everything you do and say makes a difference.
Ironic isn´t it? That you have the power of choice in your hands and that even so the outcome isn´t in your control.
All my life I´ve fought for control because I refused to be fate´s fool and because I knew that whatever I wanted from life – I´d have to fight for it.
But it´s not all up to me.
I don´t get to decide it all… and there are times when it´s simply not my place or my choice.
The older I grow, the more I ponder.
It has nothing to do with age or fear or even because I have more to lose than before.
It´s about consciousness, seeing and knowing how much of what I decide affects those around me.
It used to bother me that nobody took my words and thoughts seriously.
Now it bothers me how much influence my opinion has on the decisions people make.

I´m Angry,
Frustrated,
and Hurt

I wish I could rearrange the pieces of a puzzle and build a different picture.
And if only I could turn off the problems of the world, I could enjoy the happiness I own.
But my heart has always bled for those I care about and it´s hard to smile when one of them weeps.

More control, sometimes I wish I had the power to make a bigger difference
But who am I to say what is wrong or right in the world?
Am I to trust that the universe knows what it´s doing?
Or should I fear that fortune should look upon on me as its next fool to toy with.
There´s a fine line between selflessness and selfishness
Only our hearts know the differences and the similarities between them.

Sometimes I feel like writing
Other times I want to scream
Too often I´ve felt like crying
Mostly it all stays silent in my heart.

It´s amazing what can change in one year.

(Obrigado Amor pela força que me dás em dias tristes. Pelo Amor, a Amizade e a Paciência com que me aturas… e por lembrares-me de todas as coisas boas que me fazem sorrir… mesmo em momentos amargos, fazes-me saborear o doce. Ao teu lado eu sou Feliz.)

4 comments:

Clairvoyant said...

Lindo, profundo, e como sempre, demasiado pensativa. É a conclusão a que chego, através de mim mesmo.
Sou mais feliz quando penso menos nos destinos da vida, nas tretas dos políticos, na perda de qualidade de vida e poder de compra, no aumento da criminalidade, etc etc.

Ainda hoje deixei um reparo a alguém que o precisava de ouvir: "vive as coisas no tempo certo". Quando não conseguimos ter a cabeça e o corpo no mesmo sítio, nada parece correr bem. Acaba-se por não se fazer o que precisamos e há sempre um sentimento de frustração e algum sofrimento associado.

Não é propriamente má ideia aceitar as coisas que a vida nos dá e que não podemos modificar.

A felicidade consegue-se com pouco, um pouco que por vezes demora bastante a encontrar. Mas bem vistas as coisas, um lar e alguém que goste de nós, com quem partilhar as coisas é uma das maiores riquezas que se descobrem na vida.

Queres fazer diferença no mundo? Luta pela tua dignidade, sê feliz e faz alguém feliz, ajuda quem puderes sem prejudicar a tua casa e os teus objectivos. Se consegues isto tudo, podes ter a certeza de que és uma pessoa completa e um ser humano que dá um bom exemplo.

É mais que provável que não tenha acertado com a tua onda quando escreveste isto, mas olha, faz-se o que se pode. Hoje foi o que me deu para escrever.

Luis Sardinha said...

Tu se não gostasses tanto de sexo seria uma madre Teresa...

Sentes os problemas dos outros como se fossem teus e como retribuição levas muitas vezes coices...

Quantas vezes tu, por tua iniciativa, tentas resolver as coisas e as pessoas revoltam-se contra ti porque acham que não te devias meter?

O meu conselho é, e sempre será, não tentes mudar o mundo fazendo-o perfeito. A perfeição não é igual para todos.

Preocupa-te mais com o teu mundinho, dá valor às coisas boas que tens, e preocupa-te menos com quem não merece que penses 5 minutos.

Nunca percas a tua capacidade de ajudar quem precisa, mas ajuda apenas as pessoas que merecem ser ajudadas...

Amo-te da forma que és mas aflige-me ver-te triste e não saber o que fazer para que não fiques assim...

我 MOI said...

Oh I relate to this part of the prose all too well:

Sometimes I feel like writing
Other times I want to scream
Too often I´ve felt like crying
Mostly it all stays silent in my heart

It's like etched into the deep soul of my pixi heart.

nflopes said...

Não pude lembrar de imediato...
"Sometimes I wanna kill, sometimes I wanna die, sometimes I wanna destroy, sometimes I wanna cry; sometimes I could get even, sometimes I could give up, sometimes I could give, sometimes I never give a f*ck."
— Guns N' Roses
tudo ou nada a haver...